Baquetas. Saiba mais sobre sua ferramenta de trabalho

Presentes para Bateristas - Clube do Baterista

Neste artigo falaremos sobre baquetas. Nossa principal ferramenta de trabalho.

Sem elas, não treinamos, estudamos, ou muito menos fazemos nossos shows e apresentações.

E pra quem pensa que baquetas são apenas dois pedaços de madeira que usamos pra batucar, aí vão algumas informações que acho muito úteis para todos bateristas, sejam profissionais, amadores, iniciantes ou até mesmo os mais experientes. Vamos lá.

 

Tipos de baquetas

Existem diversos tipos de baquetas, cada um com um objetivo e uma função diferentes. Além das baquetas simples e tradicionais que usamos normalmente, temos outros tipos como: vassourinhas, baquetas acústicas, também chamadas de rod sticks e os mallets. Abaixo, vamos falar um pouco sobre cada um destes tipos.

 

Vassourinha

As baquetas vassourinha são mais utilizadas para o jazz, bossa e em músicas mais suaves. São chamadas por este nome justamente porque abertas, seu corpo tem a forma de uma vassoura. Suas cerdas podem ser de nylon ou de aço. Delas também podemos tirar sons diferentes, por exemplo, arrastando as cerdas na pele da caixa.

 

Baquetas acústicas/Rods

As baquetas acústicas são compostas por conjuntos de varetas mais finas, este tipo deixa o som mais leve e suave, ideal para apresentações acústicas e em espaços pequenos. Suas varetas podem ser de madeira ou plástico e variam na quantidade, cada uma com uma característica sonora diferente.

 

Mallets

São baquetas com formatos de ponta especiais. Geralmente usadas em percussão, seu uso na bateria é mais frequente para efeitos. Suas pontas podem ser confeccionadas em nylon, borracha, feltro, pano e outros materiais. Novamente, cada um com as suas características sonoras.

 

Além dos tipos que tratamos aí em cima, temos as nossas baquetas comuns, aquelas que utilizamos na maior parte do tempo. Elas variam entre ponta de nylon e ponta de madeira. Sendo que as de nylon possuem maior brilho e volume, principalmente quando usadas nos pratos, elas também naturalmente duram mais.

Já as de madeira, têm um som mais natural, porém, geralmente desgastam ou quebram as pontas com frequência. As baquetas de madeira variam no formato das pontas como veremos abaixo.

 

Tipos de pontas

 

Oval

Baquetas com pontas ovais têm um som naturalmente seco, que pode variar entre mais agudos e graves de acordo com o seu diâmetro.

 

Redonda

Já as de ponta redonda possuem um som mais brilhante nos pratos e mais pesado nas peças do conjunto.

 

Flecha

As pontas de flecha proporcionam um som mais agudo e claro quando usadas nos pratos. Devido ao seu formato mais fino.

 

Gota D’agua

As baquetas com ponta no formato de gota, proporcionam um som mais grave, também devido ao seu formato.

 

Cilíndrica

Pontas no formato cilíndrico tem um som forte e encorpado.

Ao contrário do que a muitas pessoas pensam, elas não são fabricadas apenas em madeira, apesar destas serem mais populares. Existem também baquetas de alumínio, de fibra de vidro, fibra de carbono e até borracha.

 

Tipos de madeira

Dentre os tipos de madeira, que são muitos, os que se destacam são hickory, marfim e maple. Vamos falar um pouco sobre eles.

 

Hickory

Nativa da América do Norte, principalmente Estados Unidos. Sua principal característica é ser bastante resistente ao choque, além de ser bem flexível, por isso é muito utilizada para a fabricação de baquetas e até de baterias. Possui um timbre refinado, o que permite uma sonoridade mais encorpada e versátil, sendo assim utilizada por bateristas dos mais variados estilos. O hickory é a madeira mais usada pelos fabricantes internacionais, por ter uma maior densidade, maior quantidade de fibras, e ser mais rígida, consequentemente tem uma durabilidade maior.

 

Marfim

Natural da América do Sul, possui bastante elasticidade e densidade, produzindo um som mais macio. Geralmente é mais leve, o que permite maior agilidade e conforto para os bateristas que gostam de baquetas com maior diâmetro e pegada. Seu custo benefício é tido como muito bom. Marfim é o tipo de madeira mais utilizado pelas marcas nacionais por causa de seu baixo custo.

 

Maple

O maple é uma madeira de pinho, árvore originária da América do Norte. Bastante utilizada para a fabricação de guitarras, baixos e outros instrumentos acústicos. Várias baterias são fabricadas em maple. Este tipo de madeira é a favorita dos bateristas que tocam com mais sutileza, ritmos como jazz, bossa e samba por ser uma madeira mais leve, no entanto as baquetas tendem a ser menos resistentes.

Para finalizar este artigo vamos assistir este vídeo bem legal no canal do Youtube da Academia Joinvilense de Música. Eles traduziram do programa How it’s Made do canal Discovery Channel. O vídeo mostra o processo de fabricação das baquetas de madeira.

Confira!

 

Nos próximos artigos falaremos sobre os pesos, classificações e dicas de como conservar melhor as suas baquetas.

 

Este artigo foi útil pra você? Tem algo a acrescentar? Então deixe o seu comentário aqui embaixo.

Quantas estrelas este artigo merece?

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 9.2/10 (94 votes cast)
Baquetas. Saiba mais sobre sua ferramenta de trabalho, 9.2 out of 10 based on 94 ratings
12 Comentários
  1. 1 de Fevereiro de 2017
  2. 13 de Janeiro de 2017
    • 23 de Janeiro de 2017
  3. 2 de julho de 2015
    • 3 de julho de 2015
  4. 28 de Maio de 2014
    • 28 de Maio de 2014
  5. 7 de Março de 2014
  6. 25 de novembro de 2013
    • 25 de novembro de 2013
      • 6 de dezembro de 2016
        • 6 de dezembro de 2016

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *