5 dicas para a conservação dos seus pratos

Presentes para Bateristas - Clube do Baterista

Neste artigo falaremos sobre um assunto que nem todo baterista se preocupa, mas que é realmente muito importante e com certeza, quando acontecer um acidente você vai se cobrar de não ter tomado os devidos cuidados antecipadamente.

Vamos listar aqui 5 dicas para a conservação dos seus pratos. Mas antes, vamos ver alguns dos principais problemas que encontramos e logo depois, o que precisamos evitar para manter nosso kit novinho mesmo com bastante uso.

Basicamente podemos encontrar três tipos de sujeiras nos pratos, são eles: acúmulo de poeira, oxidação superficial e oxidação profunda. Fatalmente decorrentes da falta de cuidado com o equipamento.

Abaixo seguem nossas dicas para ajuda-lo a conservar seus pratos de forma que eles possam te acompanhar por muito e muito tempo. São bem simples, mas nem sempre nos atentamos a elas.

 

Limpe os pratos com uma flanela seca

Lembre-se sempre de quando terminar os ensaios e shows passar uma flanela ou pano seco nos pratos para remover qualquer tipo de resíduo ou até mesmo suor. Com uma limpeza um pouco mais cuidadosa, você remove também as marcas de baquetas e digitais que acabam ficando enquanto você toca. Preferencialmente manuseie os pratos com luvas, isso evita manchas, marcas de digitais e evita o contato com o suor das mãos que pode causar oxidação.

cleaning-cymbals

 

Use feltros e borboletas nas estantes

Sim, seria um princípio básico, mas nem sempre acontece. Por vezes ia com minha banda tocar em lugares onde o equipamento era da casa ou alugado pela organização e faltavam peças na bateria.

Quase sempre as espumas de feltro que protegem os pratos do contato com o metal da estante e mais ainda as borboletas, que na sua falta comprometem a sonoridade, faz com que vibrem demais até voltar a sua posição de origem e o pior que já presenciei: ver o seu querido Zildjian Série A Custom de R$ 800,00 voando no chão (graças a Deus não foi o meu).

Depois de ver e sofrer com isso, passei a andar com esse tipo de material dentro do meu case. Sempre carrego comigo as espumas e as borboletas das minhas estantes. Geralmente elas me salvam e com certeza evitam algum tipo de problema.

As próprias espumas não são caras e vale a pena ter um kit sobressalente. Podemos encontrar kits com 6 unidades por até R$ 20,00.

 

Use bags com repartições

Os bags protegem da umidade, do calor e tornam-se itens essenciais para o transporte do kit. Muitos bateristas usam bags com apenas 3 repartições internas e colocam ali 5 ou 6 pratos, isso faz com que os pratos estejam em contato direto uns com os outros, o que causa aranhões e até trincas. Imagine você numa viagem de 3 horas para tocar em outra cidade e o equipamento todo balançando no carro, como seus pratos não estariam sofrendo batendo uns nos outros.

Para estes casos em que o bag não suporta a quantidade de pratos do seu kit uma boa idéia é usar capas protetoras, elas evitam arranhões e protegem bem mais para o caso de pratos guardados juntos.

 

Cubra a bateria quando deixá-la montada

Como dissemos no início do artigo, poeira e oxidação são os maiores vilões que prejudicam nosso equipamento, mas sabemos também que nem sempre é prático desmontar e montar a bateria o tempo todo para guardar nos cases. Sendo assim, sempre que terminar de tocar, cubra o kit. Pode ser com um lençol, colcha, cortina, mas não deixe-o desprotegido. Isso vai economizar seu tempo para limpa-lo e tende a conservar mais seu equipamento.

 

Use capas protetoras

A última dica de hoje que vale também para quando for deixar seu kit montado é usar capas protetoras, elas protegem seus pratos dos arranhões, umidade, sujeira e ainda com muito estilo.

O uso das capas protetoras ajuda a aumentar a vida útil dos seus pratos evitando marcas de digitais e todos os tipos de sujeira.

 

Conclusão

Seguindo essas dicas básicas e tendo a consciência de que nos preocupando com a manutenção preventiva evitaremos muitos problemas, nosso kit vai durar bem mais e seguir com a gente pelas estradas por muito mais tempo.

 

Aprenda a ler partituras de Bateria

 

Este artigo foi útil pra você? Tem mais alguma dica de conservação? Compartilha com a gente. Comente, mande suas sugestões, críticas ou o que mais for e nos ajude a tornar este blog cada dia maior.

Abraços e Let’s play!

 

Quantas estrelas este artigo merece?

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.9/10 (97 votes cast)
5 dicas para a conservação dos seus pratos, 8.9 out of 10 based on 97 ratings
21 Comentários
  1. 28 de julho de 2017
    • 17 de agosto de 2017
  2. 4 de Maio de 2016
    • 10 de Maio de 2016
  3. 8 de junho de 2015
    • 10 de junho de 2015
    • 27 de Janeiro de 2016
  4. 8 de Abril de 2015
  5. 17 de julho de 2014
  6. 14 de Março de 2014
  7. 14 de Fevereiro de 2014
  8. 19 de Janeiro de 2014
    • 19 de Janeiro de 2014
  9. 13 de Janeiro de 2014
    • 14 de Janeiro de 2014
      • 18 de julho de 2014
        • 19 de julho de 2014
      • 29 de Janeiro de 2016
  10. 9 de Janeiro de 2014
    • 10 de Janeiro de 2014
  11. 26 de setembro de 2013

Deixe aqui seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *